O Procon está fiscalizando os postos de combustíveis de Guarapuava por causa de aumentos registrados em vários postos. Conforme a coordenadoria de Guarapuava, os donos dos estabelecimentos têm até três dias para apresentarem notas fiscais de compra na refinaria.

Imagem: Portal RSN

De acordo com a coordenadora do Procon, Luana Esteche, os postos de combustíveis não podem repassar o aumento se ainda estão comercializando estoque antigo. Os anúncios dos reajustes nas refinarias ocorreram no dia 17 de junho pela Petrobras com alta de 5,18% no litro da gasolina e 14,26% no diesel. Caso haja abuso no aumento dos preços repassados ao consumidor, os postos de combustíveis vão receber multas. E a pena máxima pode chegar a R$ 6 milhões.

(Fonte: Portal RSN)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui