Nos próximos meses a expectativa é de que o preço de derivados do trigo aumentem como resultado do conflito entre Ucrânia e Rússia, responsáveis por 30% das vendas mundiais do cereal. De acordo com especialistas o impacto deve chegar em breve, na farinha, pão e massas.

De acordo com o especialista de trigo da consultoria Safras & Mercado, Élcio Bento, com a guerra o valor do produto na Bolsa de Chicago (EUA) chegou a 40% a mais entre 23 de fevereiro e 7 de março.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria do Trigo, 95% do trigo do Brasil vem da Argentina, e a alta no mercado externo mexe com os preços de todos os países, logo muitos irão a procura da Argentina, o que fará o preço subir.

Segundo ele, os estoques de trigo mais barato devem acabar, aproximadamente, em abril, mês em que, para o economista, o aumento de preços deve começar a ser sentido no bolso do consumidor.

Fonte: Correio do Povo do Paraná.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui