Entre os dias 16 e 27 de maio vão ocorrer sete audiências públicas da Nova Ferroeste. Em Guarapuava o encontro ocorre no dia 26 de maio. Nessa audiência devem estar presentes os municípios de Laranjeiras do Sul, Cantagalo, Marquinho, Goioxim Candói e Inácio Martins.

A discussão envolve os impactos ambientais do projeto de aproximadamente 1.300 quilômetros de extensão. Além disso, os municípios debatem as medidas de compensação da fauna e da flora. A Nova Ferroeste vai escoar toneladas de soja, milho e proteína animal, com captação de cargas de outros países, seguindo para o Porto de Paranaguá. Sendo assim, este vai ser o segundo maior corredor de exportação de grãos e contêineres refrigerados do País, projeto pensado para o desenvolvimento econômico do Paraná.

A Nova Ferroeste vai percorrer 49 municípios, oito no Mato Grosso do Sul e 41 no Paraná. O primeiro encontro vai ocorrer em Dourados, no Mato Grosso do Sul. Em seguida a discussão de pontos importantes do projeto ocorre em Guaíra, Cascavel, Paranaguá, São José dos Pinhais, Guarapuava e Irati. A escolha do Ibama levou em conta a disposição geográfica dos municípios ao longo do traçado e as interferências ambientais.

Fonte: Portal RSN.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui