A Deputada Cristina Silvestri denunciou uma série de irregularidades no IML de Guarapuava. Entre elas, falhas estruturais, falta de equipamentos, escassez de pessoal e armazenamento incorreto de provas periciais.

Imagem: Assembleia Legislativa do Paraná

Em pronunciamento na sessão plenária dessa segunda (16), ela cobrou providências da Secretaria de Estado da Segurança Pública. A Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Paraná constatou as irregularidades durante uma visita técnica. Nas imagens registradas, o piso do local está quebrado, há falta de revestimentos nas paredes e os jalecos estão rasgados.

O IML de Guarapuava atende 19 cidades e tem a quarta maior demanda do Estado, atrás apenas de Curitiba, Londrina e Ponta Grossa.

(Fonte: Portal RSN)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui